A manutenção de um veículo não pode ficar para depois! Veja quais são os 4 principais motivos que fazem um cliente procurar uma boa oficina!

1. Reparo ou troca de capô e para-choque

Começamos com os componentes do carro que estão mais sujeitos a estragar. O capô e o para-choque ficam bastante expostos às pedradas do calçamento e a outros fatores externos de impacto. E aí é bem comum que sofram com quebras e danos visíveis em comparação ao resto do veículo.

Essas peças podem até ser reparadas. Só que essa decisão depende do tamanho do estrago, não é mesmo? Se for um simples amassado, um martelinho de ouro resolve, por exemplo. Agora, quando o dano é um tanto profundo, a troca é o que acaba fazendo mais sentido mesmo.

É nessa hora que você vai mostrar o grande valor de o cliente procurar um bom profissional, que tenha conhecimento sobre técnicas e ferramentas adequadas. Seu trabalho é analisar a situação e oferecer a melhor saída possível para o problema.

Argumentar bem e explicar com confiança vai fazer toda a diferença neste caso. Pense com a gente: a troca geralmente é mais cara, e o cliente, é claro, sempre quer a opção mais barata. Mas sabendo orientar a pessoa e mostrando segurança, além de entregar um serviço de qualidade, você pode garantir um retorno financeiro mais interessante para a sua oficina.

Leia também: Veja boas práticas e onde buscar formação profissional na manutenção e reparação

2. Remoção de arranhões

Muitas vezes, riscos e arranhões são superficiais e podem ser removidos sem grandes despesas com serviços de pintura, por exemplo. Pintar partes específicas também não é sempre recomendável, pois a tinta sofre modificações da cor original com o passar do tempo.

Nesses casos, o ideal é investir em um polimento da lataria, que é capaz de eliminar as marcas aparentes. Mas esse não é o único benefício, não! Quando o processo é feito com cera de qualidade e pelas mãos de um profissional competente, devolve o brilho da pintura. Isso aumenta a proteção e evita a perda de cor e o descascamento causados por efeitos do sol.

Por fim, é básico analisar a profundidade dos arranhões em um ambiente com boa iluminação. Vale até usar uma lupa. Assim, dá para identificar se a eliminação do problema exige polimento ou uma intervenção maior. E assim como no caso dos capôs e para-choques, uma decisão certeira aqui vai ajudar no relacionamento com o cliente.

3. Restauração da lataria

Nem sempre a recuperação da pintura e de componentes específicos será o bastante para fazer um bom reparo da lataria. O esforço pode variar caso a caso, dependendo do nível de comprometimento da carroceria.

Por exemplo, algumas colisões não chegam a estragar a pintura, certo? Então podem ser consertadas com técnicas como o martelinho de ouro, como já comentamos antes, ou por bombas de sucção, alavancas e pinos de aço. Pode ser até que não haja motivo para desmontar peças e o estofamento — e isso baixa o custo do serviço.

A lógica é sempre esta: quanto mais complexo o trabalho envolvido e mais radical a intervenção, maiores são os valores a serem cobrados pela sua oficina e o tempo de dedicação para o trabalho. Reforçamos mais uma vez: seu olhar clínico aqui é o que vai fazer a diferença.

4. Polimento de faróis

A segurança e a performance dos veículos avançaram muito nos últimos anos. Incremento da tecnologia embarcada e questões legais estão por trás das novidades. Só que tem um grupo de itens de segurança que praticamente não muda e está nos carros desde os primeiros modelos: estamos falando dos faróis.

Com o passar do tempo, a exposição ao sol e à chuva deixa as peças opacas e amareladas. São danos estéticos que podem atrapalhar uma possível revenda. Mas não pense que é só isso, não! Tem também a segurança, que fica ameaçada, pois a iluminação vai diminuindo. Pense bem: a falta de manutenção dos faróis pode causar acidentes quando eles são mais necessários, como numa viagem à noite.

Na maior parte dos casos, não é necessário trocar as peças. O polimento, além de mais barato, pode devolver o brilho original. Desse modo, a eficiência dos faróis será beneficiada, já que a capacidade de iluminar as vias volta ao normal. É um serviço de baixo custo, mas que garante alta satisfação do cliente. Bom demais, né?

Esta é uma curadoria de conteúdo da RX para o blog Automec. Para ler o conteúdo original, clique aqui.

Facebook Comments Box