Lançado em 2012, o Renault Zoe é um dos modelos de sucesso da fabricante francesa. Em 2020, ele foi o elétrico mais vendido na Europa no primeiro semestre.

No Brasil, as vendas oficiais do modelo começaram em novembro de 2018, durante o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo.

Ele tem o motor R90, totalmente concebido pela fabricante francesa, para isso, a empresa registrou 95 patentes. Entre as soluções tecnológicas ele traz um mini Power Electronic Controller (Controlador Eletrônico de Potência). Este sistema integra o módulo de interconexão, a eletrônica de potência e o carregador Caméléon. Diferente de outros carros elétricos que tem os motores nos eixos, ele está no cofre, semelhante ao posicionamento de um motor a combustão.

Sua potência é de 92 cv e torque de 22,9 kgfm. Ele está acoplado a um câmbio automático de 1 marcha. Acelera de 0 a 100 km/h em 13,5 segundos. “Quando entrar um veículo elétrico na oficina, o reparador não precisa se assustar, pois ele tem muito em comum com um carro de motor a combustão”, fala Sandro Santos, diretor da Doctor American Car.

A oficina foi pioneira ao especializar-se em modelos da marca Chrysler e agora monta estrutura para atender veículos elétricos, inclusive com espaço para treinamentos e cursos específicos.


Esta é uma curadoria de conteúdo feita pela Reed Exhibitions sobre o mercado. Leia o conteúdo na íntegra no Reparação Automotiva.

Facebook Comments