SUVs compactos: conheça os modelos mais fáceis e baratos de reparar

Por Alessandro Reis, do UOL

0
131

O preço de aquisição não é o único custo a ser considerado na hora de adquirir um carro novo. Se a compra for racional e não apenas movida pela emoção, é preciso considerar o valor das revisões, das peças de reposição e até do seguro.

Falando em seguro, um fator que influencia a apólice é a facilidade ou dificuldade de reparar determinado veículo. Pensando nisso, o Cesvi Brasil mantém um ranking de reparabilidade de automóveis comercializados no Brasil. O estudo compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e o custo de seu reparo, especificamente no caso de pequenos danos.

O levantamento é realizado com base em crash-tests dianteiros e traseiros nos veículos analisados. Em seguida, faz-se os reparos necessários, acompanhados de uma avaliação individual das peças envolvidas e os custos da chamada cesta básica de peças.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions. Para continuar lendo, visite o site UOL com a matéria completa

Facebook Comments