Caminhões pesados sustentam alta nas vendas do segmento

Por Décio Costa, da Autoindústria

0
106

Após a retomada das atividades no chão das fábricas de veículos comerciais, entre o fim de abril e o começo de maio, suspensas na ocasião em virtude das medidas de segurança contra a pandemia da covid-19, o segmento de caminhões, especialmente o de pesados, dá mostras de vitalidade em meio à crise.

As vendas de modelos da categoria no mês passado avançaram bem mais que o mercado de caminhões. Enquanto os emplacamentos do segmento somaram 9,5 mil unidades, em alta de 5,8% sobre julho do ano passado, os de pesados cresceram 14% na mesma base de comparação, com 5,1 mil veículos negociados, respondendo por 54,4% das vendas totais.

A categoria mais uma vez se apresenta como protagonista da recuperação do mercado de caminhões, como já vinha atuando nos últimos dois anos.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions. Para continuar lendo, visite o site Autoindústria com a matéria completa

Facebook Comments