O mercado de veículos leves começa a reagir

0
150
mercado-de-veiculos-leves-comeca-reagir

Junho ficou para trás e, com ele, registrou-se o retorno ao patamar de mais de 5 mil emplacamentos diários de veículos leves e pesados, enquanto tínhamos 2.830 no mês anterior.

Nesse ritmo, deveremos fechar o mês com 110 mil unidades de vendas, um alívio, mas ainda 45% abaixo do que seria o volume adequado ao mês de junho se não houvesse a pandemia. A volta dos Detrans também se reflete positivamente, com a recuperação de vendas efetuadas e que não apareciam ainda nos emplacamentos.

As concessionárias voltaram a abrir suas portas no início de junho, regidas por um rígido protocolo de atividades coordenado pela Federação Nacional da Distribuição Veículos Automotores (Fenabrave).

São atividades com baixa concentração de pessoas, sem influência na disseminação da doença, mas importantes dentro de um setor que representa muitos empregos. Um termômetro muito bom da atividade econômica.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions. Para continuar lendo, visite o site Estadão com a matéria completa

Facebook Comments